segunda-feira, 26 de abril de 2010

O que o TDA/H tem??

Tanto adultos quanto crianças compartilham sintomas de TDA/H. A tríade sintomatológica clássica é constituída pela desatenção, impulsividade e hiperatividade. As crianças com TDA/H podem ser mais facilmente identificadas do que os adultos, isso porque costumamos não pensar no adulto como portador do quado mas, como alguém que não demonstra força de vontade o suficiente para ser menos esquecido e mais organizado, por exemplo. Além do mais, muitos adultos não sabem que sofrem desse transtorno e muito menos que existe tal quadro em adultos.

Como os primeiros estudos em adultos só foram realizados na década de 80 e, pelo menos no Brasil, não foram amplamente divulgados. Algumas gerações cresceram acreditando serem mesmo incapazes, burras, cabeças-de-vento e relaxadas, como se estas coisas estivessem sob controle dessas pessoas que só não mudaram porque não tiveram vontade.

Características visíveis do transtorno:

A Desatenção ou Tendência à Distração se apresenta da seguinte forma:

- Dificuldade em prestar atenção à detalhes ou errar por descuido em atividades escolares, acadêmicas e profissionais;
- Dificuldade de manter a atenção em atividades que parecem exigir demais, que de cara parecem difíceis ou que não despertem interesse. Atividades que precisam ser feitas independente de a pessoa gostar ou querer fazer;
- Parecer não escutar quando lhe dirigem a palavra;
- Não seguir instruções e não terminar o que começa (atividades profissionais, domésticas, escolares, acadêmicas..);
- Dificuldade em organizar atividades e tarefas;
- Evitar ou relutar em envolver-se em tarefas que exijam esforço mental constante;
- Perder objetos necessários para tarefas e atividades;
- Ser facilmente distraído por estímulos alheios à tarefa e apresentar esquecimento em atividades diárias;

A Hiperatividade se manifesta através dos seguintes sintomas:

- Agitar as mãos ou pés e remexer-se na cadeira;
- Levantar-se em situações onde deveria permanecer sentado
- Tamborilar os dedos na mesa;
- Falar e gesticular em demasia;
- Dificuldade em envolver-se silenciosamente em atividades de lazer.

A Impulsividade pode se apresentar da seguinte forma:

- Terminar as frases dos outros;
- Monopolizar a conversa;
- Ser constantemente o centro das atenções;
- Dificuldade em esperar sua vez;
- Dificuldade em ser paciente diante de situações em que não tem controle.
- Impulsividade na infância pode se manifestar na idade adulta na forma de compulsão. Gastar ou comer excessivamente.
- Falta de planejamento;
- Dificuldade em pensar à médio e longo prazo.

É importante lembrar que essas características podem ser apresentadas por todo mundo em diversos momentos da vida,logo é importantíssimo que não se faça um auto-diagnóstico e sim, que se procure um profissional especializado. Fatores como a duração dos sintomas de TDA/H, a freqüência e a intensidade dos sintoma, a persistência destes e o prejuízo que eles causam são fatores essenciais na hora do diagnóstico e só profissionais qualificados possuem as ferramentas de investigação adequadas para este trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário